Inimigo Meu

Em meados da década de 80 foi lançado um filme que correu na contra-mão do épico Star Wars. Inimigo Meu (Enemy Mine, 1985) conta a história de uma batalha entre humanos e extraterrestres do planeta Dracon – em grego significa excessivamente rigoroso. Durante a luta espacial acontece um acidente e tanto o piloto terráqueo como o alienígena caem em um planeta inóspito. O encontro dos inimigos dá o tom da epopéia. Inicialmente, tentam se aniquilar com uma ira que brota da recente disputa. Mas com o tempo percebem que precisam se ajudar para sobreviverem às hostilidades naturais do planeta desconhecido. Com este espírito, ontem tive um insight: escrever uma mensagem para meus inimigos, sejam eles quais forem. E aí vai… “Temos um carma em comum; olhamos para o outro, ignorando que temos a mesma essência e as mesmas dificuldades, não toleramos um mísero olhar estranho, não aceitamos a menor expressão de recusa, não ouvimos com cuidado, nem mesmo as palavras de compaixão. Somos da mesma natureza, feitos da mesma matéria, mas depositamos nosso lixo no território do outro, sem notar que o espaço é comum aos dois. Temos uma só mente que rege o destino, mas achamos que o destino é que rege as nossas mentes individuais. E o mais importante de tudo, vivemos, envelhecemos, adoecemos e morremos da mesma forma, sem notar que tudo pode ser mais consciente. Inimigo meu, inimigo eu. Desejo do fundo do coração que aceite esta mensagem, mesmo que já não seja eu um inimigo seu.”

©Que todos os seres possam se beneficiar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s