O Surrealismo do Adeus

dali

Na ilha dos Açores, o grupo português Madredeus gravou uma das obras mais incríveis dos últimos tempos. Uma versão unplugged de Adeus, num cenário que retrata de forma viva e cristalina o movimento artístico que mais seduz os olhares mundanos: o Surrealismo. Sua beleza não se explica com palavras, porque é pura emoção introspectiva. O que mais agrada é a maneira singela que nos vemos em cena, como se espreitássemos o trabalho criativo de duas almas musicais. Como disse brilhantemente o internauta Franco Pimentel, “se Magritte estivesse vivo morreria agora de paixão.” O surrealismo do adeus é não dizer adeus, mas olá.

®Quadro dos primórdios do Surrealismo. “Mulher na Janela”, 1925, de Salvador Dali.

Anúncios

6 thoughts on “O Surrealismo do Adeus

  1. onde é que viu a gravação? foi sem teresa salgueiro? tenho tanta pena que saiu de madredeus… mas até gostei de ouvi-la a cantar músicas brasileiras com aquela vozinha dela… a minha favorita é “samba da minha terra” (na interpretação dela é deliciosa).
    PS: imagem da descriminação: “quem não gosta de sambaaa bom sujeito não é” 🙂

  2. Oi, Clarisa. Achei este vídeo no youtube, mas há também em DVD. Um documentário francês sobre o grupo com o título “Les Açores de Madredeus” (veja o link http://www.cdgo.com/artigoDetalhe.php?idArtigo=3387459). Com a sua triste saída, certamente o DVD vai subir de valor. Ainda não ouvi o disco com músicas brasileiras, mas deve ser incrível. O tema é bem interessante – “Você e Eu” – para uma portuguesa cantando músicas brasileiras. 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s