Um meio de ser inteiro

Vivemos no meio de tudo. No meio de um monte de trabalho. No meio de uma vida atarefada. No meio de dúvidas e certezas. No meio de uma briga ou no meio do seio do amor. No meio da raiva. No meio do trânsito, insâno. No meio do banho, sonhando. No meio das férias, que estão chegando. Ou mesmo, no meio da refeição saborosa, que deixa a gente assim, meio gordo. Estamos sempre no meio, inseridos sem nenhum tipo de aceitação prévia ao meio que foi criado, por algo que não conhecemos nem pela metade. Meio estúpido, não? Viver no meio de uma situação que nem sabemos o que é, nem porque existe. Por isso, andamos por aí, meio perdidos, meio angustiados, meio grosseiros com as vicissitudes do caminho. E o caminho, do meio, nasceu de um estado de iluminação. Nem a corda frouxa, nem esticada, ao meio. Projete agora com a sua mente, sua vida, do meio para o fim. Todos os meios que hoje você utiliza para ser feliz lhe trarão paz e tranquilidade? Não vale meias respostas. Quando você realiza o todo, o copo não fica nem meio cheio, nem meio vazio. Apenas é um copo.

©Sentindo a vida ficar meio estranha. Que todos os seres possam se beneficiar.

Anúncios

2 thoughts on “Um meio de ser inteiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s