“Capitalizar as perdas é fazer um investimento.”

Citação da minha grande amiga Regina Helou, nos idos de março de 2006. Uma ótima reflexão para a crise mundial que assola mentes e corações especuladores. Há um índice de solidez espiritual nesta frase que pode ajustar os gráficos da humanidade.

©Que todos os seres possam se beneficiar.

Anúncios

2 thoughts on ““Capitalizar as perdas é fazer um investimento.”

  1. Que bom olhar seu blog e ver esta frase que te falei em meio aos nossos bate papos da vida.
    03 anos depois a frase ainda tão atual, principalmente porque a “crise” com perdas não é mais individual mas coletiva.

    Sabe 03 anos após viver realmente toda a verdade que falei com esta frase me sinto uma mulher milionaria ! Foram tantas outras perdas após este dito e modestia a parte Capitelizei… olhei para dentro de mim mesma, fiz um check up emocional , espiritual e material, realinhei objetivos, voltei ao prumo com minhas metas , não deixei o barco virar com o desespero ! Logico que conto com uma psicologa de plantao que me ajuda muito neste processo.
    Sobre esta “crise” coletiva, temos que Capitalizar “galera” podemos tudo este patrimonio que precisamos para investir está dentro de nós mesmos.
    Temos que ver tambem a ordem dos valores.
    As perdas acontecem por nao precisamos ja ter muitas coisas…elas se vão porque não são necessarias, precisamos arrumar o nosso cofre pessoal , nossa conta bancaria com a vida ! Priorizar o que realmente ainda tem valor… e investir muito.
    Sou milionaria ! crise ao meu ver é muito bom , como ja falaram crise é igual a oportunidade.
    Estou adorando pois agora ela é coletiva… todos tem as oportunidades de crescer !
    Acredite a moeda que eu tenho tem em abudancia para toda a sociedade todos podemos ficar milionarios ! tente vale a pena ! bjs UP UP UP !!!!

  2. Oi, Rê. Comentário iluminado. Agradeço em nome de todos os leitores do blog. Não creio que estaremos vivendo momentos fáceis; mas quem disse que a facilidade é o melhor caminho? De fato, se temos (o mundo) dificuldade de desapegar do material é porque ainda o vemos como a única realidade. Não há demagogia nesta visão, claro que todos temos que nos alimentar, vestir, viver com qualidade. Mas o estado abusivo da especulação não tem mais espaço num planeta que clama por consciência para se manter vivo. A troca de moeda que você cita, é também o que precisamos retornar à Terra, depois de tanta exploração. No campo físico, a mudança se dá na economia. No etéreo, no salto da consciência. Bom tê-la aqui! Bjs.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s