Arranjadeiro

O olhar em devaneio, a mente um centeio. Por pouco, por vezes incendeio. A vida é só um candeeiro. Tem hora pra tocar pandeiro. Tem dia de padeiro. Tem gente que tem dúvida, outros padroeiro. A gente se sente é num seleiro. Com falta de tudo e lumeeiro. Mas falta mesmo é ser estradeiro. Ou apenas conhecer o porteiro. Pára tudo, nisso eu creio. Vai mensagem, sem carteiro. Pra chegar no céu, bem ligeiro. Do amor, sinto tudo e bamboleio. Nessa vida que se passa, quero chegar certeiro e nem preciso ser o primeiro. Pois pressa prosa sem beiro, sem destino ou cancioneiro, vai-se sempre com o tempo, que é de todos o pioneiro. E se você achou maneiro, e vale mais que um cruzeiro, clica os troços aqui em baixo e conta logo pro mundo inteiro.

©Possam todos os seres se beneficiar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s