Sem Nada, Dito

Sem nada, dito,
E tudo digo.

No toque sem choque,
No beijo ao olhar,
Tudo se transforma
Sem nada pronunciar.

Nem tudo que pensamos,
A palavra, precisa.

A letra só devia,
Construir a alegria,
Nas mãos da poesia.

©Possam todos os seres se beneficiar.

Anúncios

Ioioa

Miro, viro, estaca. Bicho, mixo, lata. Tiro, vivo, mata. Tino, fino, laca. Crivo, lírio, maca. Sinto, alívio, nata. Giro, piro, taca. Silvo, vibro, sonata. Canto, encanto, traviata. Solto, louco, gravata. Beijo, queijo, vaca. Vejo, desejo, ingrata. Como, durmo, lampeja. Acordo, sorrio, almeja. Concordo, recordo, certeza. Certo, acerto, cereja. Namoro, amo, amora.

© Para ler rápido, como um ioiô de palavras. Que todos os seres possam curtir.